Il testo della A mulher do diabo

Banda Das Velhas Virgens

pochette album A mulher do diabo
Vista su itunes

sonnerie téléphone portable pour A mulher do diabo

Musica por: paulo carvalho
A mulher do diabo
No quer ver ele mais no bar
A mulher do diabo
Proibiu ele at de fumar
Ela diz que o capeta
Precisa se fazer respeitar
E honrar os chifres da testa
E no ser um cara vulgar
Eu s no sei at quando
O diabo vai agentar
A mulher do diabo
Mandou ele se trocar
E aqueles jeans rasgados
O diabo no pode mais usar
Ela quer o demnio na estica
Pra lev-la pra jantar
Terno, gravata, cara lambida
Muita grana pra gastar
Eu s no sei at quando
O diabo vai agenta
Pobre diabo
Ela te ps na palma da mo
Esta mulher demais
Satans
O co, o co, o co
A mulher do diabo
Quer que ele use um chapu
Cobrindo os chifres
Eles vo entrar direto no cu
Fazendo papel papel de mocinho
O diabo quer se condidatar
A vereador, deputado
Ou prefeito de qualquer lugar
Eu s no sei at quando
O diabo vai agenta
O diabo encheu o saco
E mandou a mulher passear
J est de volta na noite
J est de volta no bar
Ele sabe que neste mundo
Ningum muda ningum
A gente como
Quem gosta aceita o que vem
O mundo no para de girar
E at o diabo pode recomear
Sent by carlos andr branco

Altri brani di Banda Das Velhas Virgens